“Propaganda, propaganda” é o novo programa de estágio da DM9DDB

A DM9 abriu um processo para vagas de estágio para 30 criativos. O objetivo é resgatar a essência da propaganda no mercado atual , que segundo Niza Guanaes, de volta à agência há quatro meses, é primordial. E com esse programa, o sócio-fundador da agência quer ensinar aos jovens talentos como a propaganda pode despertar emoção, desejo, admiração e memorabilidade.

Os candidatos devem cursar do 5º ao 7º período e ter disponibilidade de residir em São Paulo.

As etapas do processo são:

 1ª – De 2 de junho a 11 de junho – Inscrições abertas. O estudante deverá preencher um formulário com seus dados pessoais e incluir portfólios. Link: Propaganda, propaganda

  2ª: 2 de julho – Os alunos que mais se destacarem serão convidados a conversarem com os Diretores de Criação da DM9, com os responsáveis pelo Recursos Humanos e com a Creative Recruiter da agência. Após esse processo, até 30 estagiários serão contratados para trabalhar com Nizan Guanaes e com as causas da DM9.

Para impactar os novos talentos, a DM9 criou uma campanha em forma de meme, que conta com Nizan Guanaes como personagem principal convidando os alunos a estagiarem com ele na DM9.

 

Axe distribui 850 ingressos para o Lollapalooza

Para entrar no clima e aquecer o público para os dois dias de Lollapalooza, a Axe está promovendo uma contagem regressiva com as “Axe Missions”, ação de caça aos ingressos na qual os consumidores podem ganhar convites ao cumprirem missões em lugares estratégicos de São Paulo.

Patrocinadora do evento, pelo terceiro ano consecutivo, a marca preparou uma série de ativações no festival, como o retorno do “Se Joga”, plataforma de saltos que foi um sucesso em 2016, e o “Find Your Magic Patrol”, com uma equipe que percorrerá o evento promovendo um minuto de mágica no look dos frequentadores do festival. As iniciativas transmitem o conceito “Transpirar nunca. Perder seu estilo jamais”, que comunicam a linha de antitranspirantes da marca.

As missões acontecerão entre os dias 20 e 24 deste mês, com o kick-off da ação por meio de posts do time de influenciadores da marca, composto por Chay Suede, Daniel Rocha, Victor Collor, Caio Braz, Negueba, Loja Kings e Barbearia Corleone. Eles avisarão os internautas, por meio de suas redes sociais, quando as dicas das missões estarão nas páginas do Facebook e Twitter de Axe.

Além de seguir as dicas, os consumidores deverão levar ao local da ação um comprovante fiscal da compra de cinco unidades do produto (da versão antitranspirantes – lata branca). Como premiação, além do convite unitário, os vencedores recebem um vale-compras no valor de R$ 100 para ser utilizado exclusivamente no festival. Ao longo dos cinco dias, a marca distribuirá cerca de 850 ingressos.

Lounge

No espaço da marca no Lolla Lounge, a ativação é o “3 segundos de mágica”. Um estúdio onde as pessoas poderão viver três segundos de fama – com trilha especial, os três segundos se transformam em um mini videoclipe de verdade. Os autores das melhores performances vão estampar a comunicação da marca nas redes sociais, tendo o clipe exibido na lata gigante.

As ativações da marca para o festival foram desenvolvidas pela agência Hands. As redes sociais da marca são assinadas pela CuboCC e quem desenvolve o relacionamento e coordenação dos influenciadores é a Tastemakers.

FONTE: ADNEWS 

It can wait lança campanha emocionante sobre o risco de usar o celular ao dirigir

Todos sabem dos perigos de dirigir e usar o celular ao mesmo tempo, entretanto, apesar disso, muitas pessoas continuam a cometer esse erro.  Pensando nisso, a empresa americana it can wait, lançou uma campanha de conscientização sobre os riscos dessa prática.

No vídeo, o entrevistador pergunta aos adolescentes quais as razões para utilizar o celular enquanto dirigem. Entre respostas diversas, como responder mensagens, gravar snapchats e trocar de música, nenhum deles sabe dizer o real propósito para o uso, ainda que tenham consciência de que não deveriam fazê-lo.

Neste momento, o entrevistador convida outra adolescente (Jacy) para contar sua história. Emocionados com o relato da jovem, os demais adolescentes começam a refletir sobre o assunto. “Mas a vida das pessoas pode ser tirada por coisas tão estúpidas” diz uma das adolescentes.

Por fim, todos os jovens se comprometem a tentar mudar esse hábito. “Eu sei que é difícil, desculpe. É difícil para mim também. Mas você sabe que é real o poder que realmente faz a diferença”, diz Jacy.

 

Fábio Jr. protagoniza vídeo promocional de Santa Clarita Diet, uma série da Netflix

A Netflix tem como característica, usar temas criativos e inusitados para a promoção de suas séries e filmes. “Esta estratégia já levou Inês Brasil para o presídio de Litchfield para divulgar a quarta temporada de ‘Orange is the new black’ e Xuxa voltou aos programas que apresentava nos anos 80 para falar do lançamento de ‘Stranger Things’”.

Seguindo essa linha criativa, a empresa convidou Fábio Jr. para apresentar ao público sua nova produção, ‘Santa Clarita Diet’. Em Santa Clarita Diet, Sheila (Barrymore) e Joel (Olyphant) são marido e mulher, corretores de imóveis com vidas um pouco descontentes em Santa Clarita, no subúrbio de Los Angeles. Até que Sheila passa por uma mudança radical que leva suas vidas a um caminho de morte e destruição… Mas de um jeito bom. Depois de ter alguns problemas, Sheila acaba vomitando o próprio coração e passa a comer apenas carne humana. Sempre apoiada pela família, Sheila embarca nessa nova jornada morta-viva, ficando cada dia mais linda e disposta com a nova dieta milagrosa.

No vídeo, o cantor aparece cantando seu hit mais conhecido: ‘Alma Gêmea’, num cenário completamente branco, enquanto cenas do seriado são intercaladas na tela. Fazendo menção à série, o cantor inicia o vídeo dizendo: “Hoje eu quero contar para vocês a história de um amor visceral, desses que se deixar arrancam pedaço”.  Além disso, aos poucos, tanto o cantor quanto sua banda vão ficando ensanguentados, também fazendo referência ao seriado.

Fonte: Hypeness

No Dia Mundial do Rádio, os spots que marcaram a história da publicidade

Nesta segunda-feira, 13 de Fevereiro, comemora-se o Dia Mundial do Rádio. Sendo assim, falaremos, hoje, sobre o surgimento e importância do rádio como veículo de comunicação de massa, além de apresentarmos os principais spots que marcaram a história da publicidade.

O rádio foi o primeiro veículo de transmissão de informações. Nasceu no Brasil em 1922, tendo tido como primeira transmissão o discurso do presidente Epitácio Pessoa na comemoração ao centenário da Independência do país. Roquette Pinto, conhecido como o pai da radiodifusão no Brasil, entusiasmado com as transmissões, convenceu a Academia Brasileira de Ciências, da qual fazia parte, a patrocinar a criação da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro.

Este veículo foi usado inicialmente para a difusão de informações para os analfabetos, para isso Roquette Pinto lia o jornal impresso em suas transmissões. Além das informações, os rádios, também, adquiriram grande audiência através das radio novelas.

A publicidade surgiu na rádio como meio de sobrevivência, pois donos de lojas e comerciantes davam dinheiro para que as rádios falassem bem de suas marcas e produtos. Com o passar do tempo, a publicidade mudou sua abordagem, passando a criar spots para vender produtos por meio do rádio.

Confira abaixo as opiniões dos executivos das grandes agências sobre os principais trabalhos nesse meio:

Ricardo “Dona” Martin, diretor de ciação da Giovanni+Draftfcb

“Sem dúvida, um spot inesquecível é o da loja de relógios ‘Top Time’. Eu ouvia este spot ainda criança e nunca mais me esqueci. Era de uma simplicidade absurda. O spot usava a onomatopeia tic-tac, porém substituía as palavras originais por ‘Top Time’, isto na voz de uma locutora sensual e sofisticada que repetia diversas vezes o mantra ‘Top Time Relógios. Hoje, muitas pessoas achariam o spot brega, mas a verdade é que, além de genial, só de citá-lo aposto que qualquer mortal com mais de 35 anos já lembrou claramente.”

 

Aricio Fortes e Paulo Coelho, diretores de criação da Africa 
“Pipoca com Guaraná. O produto continua sendo reconhecido por este jingle, e até hoje escutamos clientes querendo que façamos algo deste tipo para suas marcas”

Ricardo John, CCO da JWT
“Quando se trabalha na agência que inventou o jingle publicitário, o rádio é tudo, menos um coadjuvante nas estratégias de comunicação de nossos clientes. E falando em rádio como vedete na comunicação, o clássico jingle de Pernambucanas ‘Não adianta bater,que eu nao deixo você entrar. Na Pernambucanas, eu nem vou sentir o inverno passar’ está ai até hoje. Seja na tv, seja no rádio, seja na memória afetiva da grande maioria dos brasileiros.”

Leonardo Pitanga, redator da NBS
“Um dos spots preferidos é ‘Só um cachorro’, criado pela Publicis para Purina. O roteiro bem escrito e o humor são a chave para prender a atenção do ouvinte. Mas, a melhor história sobre rádio foi uma que eu não ouvi. No final dos anos 30, Orson Welles produziu uma transmissão de rádio intitulada “Guerra dos Mundos” e provocou pânico nos ouvintes que imaginavam estar sendo atacados por extraterrestres.”

 

Fonte: Meio&Mensagem

Publicidade e a inteligência artificial

Atualmente, com a evolução e crescimento tecnológico e a velocidade com que as coisas estão acontecendo a nível mundial, a constante necessidade de se reinventar é um desafio real enfrentado pelas marcas. Sendo assim, algumas empresas estão testando o uso da inteligência artificial em tarefas isoladas, como por exemplo, recomendações e compra de anúncios.

Com isso, a utilização da inteligência artificial significa “abrir mão do controle e confiar na tecnologia para realizar tarefas que antes eram dadas a tecnologias complexas e times”.

Entretanto, antes de tal decisão é importante ter conhecimento de como funciona a inteligência artificial.  Existem, portanto, alguns “passos para converter o pensamento humano em algoritmos, e esses algoritmos em programas de marketing digital que funcionam de maneira autônoma, do começo ao fim”.

  • Entender porque as coisas são feitas da forma como são feitas

Para programar a IA é necessário pensar em tudo o que precisará ser realizado, de modo que a mesma saiba o que fazer, quando e como.

As decisões que envolvem a execução de programas de marketing ocorrem, em geral, de forma inconsciente. Sendo assim, converter esses processos em algoritmos “requer o entendimento do por que cada decisão foi tomada” como, por exemplo: Porque você optou por essa palavra e não aquela? Como você decide qual a melhor cor a ser usada?

  • Ensinar tecnologia a entender informações abstratas

A inteligência artificial tem como principal característica a capacidade de processar dados e transformá-los em ações, contudo, é importante saber como a tecnologia se comportará diante de decisões que utilizam conhecimentos mais abstratos como a criatividade.

A máquina, neste caso, precisará ser programada de modo que seja capaz de processar as informações e julgar a melhor abordagem. No caso da publicidade, saber quando e quais imagens e textos devem ser usados em cada momento específico.

  • Programar todas as possibilidades de situações e consequências antes de qualquer ação

Tratando-se de campanha, existem inúmeras variáveis e combinações possíveis que podem influenciar no resultado final.

Sendo assim, a IA deverá estar habilitada de maneira que após a análise de todas as combinações, possa decidir qual a melhor escolha em relação a todas as opções, levando em conta variáveis como comportamento, região geográfica, público, meio de comunicação etc.

  • Fazer a construção individual funcionar em um programa integrado

Um dos grandes desafios do marketing digital é que as diferentes plataformas são gerenciadas por pessoas e tecnologias diferentes. Ou seja, cada um possui um tipo específico de abordagem. Com isso, não é possível ter o mesmo alcance e eficiência utilizando configurações de um programa nos demais canais.

Para que a máquina consiga fazer isso, será necessário haver um entendimento da interação de todos os esses sistemas, “além da habilidade de criar um todo que seja melhor que suas partes individuais”.

  • Introduzir checagem e balanços para que a inteligência artificial não trapaceie

“Não deixar que a IA trapaceie pode ser uma das maiores preocupações das empresas. Então, é necessário que sejam introduzidas regras que previnam ela de tomar decisões que passem por cima dos propósitos das pessoas ou empresa que está servindo”.

Por fim, tudo isso deve ocorrer sem que haja interferência de publicitários.

 

Fonte:Meio&Mensagem

“Unidos para uma Internet mais positiva” é o slogan usado na comemoração do Dia da Internet Segura

Hoje, 7 de Fevereiro, comemora-se o Dia da Internet Segura, criado pela Rede Insafe na Europa. Este evento reúne 100 países em torno de uma iniciativa anual que tem por objetivo conscientizar à população sobre o uso seguro, ético e responsável da Internet.

Há 11 anos, a SaferNet, organização responsável por defender e promover os Direitos Humanos na Internet, soluciona problemas relacionados ao uso inadequado da Internet, como por exemplo: produção de imagens de abuso sexual de crianças e adolescentes, racismo, neonazismo, intolerância religiosa, homofobia.

Tendo verificado 3.861.707 denúncias anônimas, que envolveram 668.288 páginas em 9 idiomas, atribuídos para 98 países em 5 continentes, a SaferNet ajudou 13.268 pessoas, entre elas 1.402 crianças e adolescentes, 1.538 pais e educadores e 9.893 outros adultos em seu canal de ajuda e orientação. Além disso, a organização realizou 519 atividades de sensibilização e formação de multiplicadores em 62 cidades contemplando  41.278 pessoas, com foco na utilização consciente da Internet.