As gafes que marcaram 2017

Ultimamente um dos assuntos mais comentados são as propagandas, e a internet acabou ajudando o movimento, afinal, uma vez na rede não tem mais volta.

Queira ou não, as campanhas que não são bem aceitas pelo público, são sempre as mais comentadas. E isso geram um impacto inesperado nas empresas que muitas vezes precisam revisar a mensagem ou até mesmo pedir desculpas pelo erro. Isso é comunicação, amigos.

Esse ano em especial foi repleto de polêmicas, veja algumas:

Um autojulgamento

Esse caso foi um tanto curioso, o órgão que regulamenta os anúncios foi denunciado por sua própria campanha. Sim, isso mesmo. Denunciaram a propaganda “Opções” do Conar ao Conar. A campanha foi assinada pela AlmapBBDO.

O filme falava sobre separar o gosto pessoal do que é ofensivo e ilegal, mas não foi bem aceita pelo público que defende a diversidade. A entidade abriu um processo para julgar a própria campanha.

 

O papel higiênico 

A campanha protagonizada pela atriz Marina Ruy Barbosa, assinada pela Neograma quis ousar no novo produto. Com as fotos de Bob Wolfenson, a atriz aparece vestida apenas com o papel higiênico em uma alusão ao “pretinho básico“.

Mas o grande problema foi porque a marca utilizou a frase “Black is Beautiful“, a mesma usada pelos americanos na luta contra o racismo, em busca de direitos e respeito. Um movimento que se espalhou pelo mundo e motivou muita gente a se orgulhar pelas suas características. Mais que rapidamente a internet percebeu o tom agressivo da campanha e demonstrou desaprovação pelo uso da referência tão significativa.

 

Gente boa também mata?

Depois de uma chuva de críticas e debates entre profissionais da área, a Secretaria Especial de Comunicação da Presidência da República (Secom) retirou imediatamente os cartazes da campanha “Gente boa também mata” que estavam distribuídos por várias cidades do país.

Para quem não acompanhou o caso, uma das peças mostra uma mulher com um cachorro no colo e a seguinte e impactante frase: “Quem resgata animais na rua pode matar. Não use o celular ao volante. Gente boa também mata”.

 

Comercial da JBS mostra carne vencida

Depois da grande polêmica com as empresas envolvidas na Operação Carne Fraca, a JBS veiculou o comercial intitulado “Qualidade é prioridade” para provar que suas carnes são confiáveis e têm um controle de qualidade rigoroso. Porém um detalhe, por descuido de algum setor na produção do vídeo, fez a marca virar motivo de piada. O vídeo mostra, aos 14 segundos, uma peça de picanha com a data de fabricação e vencimento de 2013. A empresa utilizou parte do seu banco de imagens para finalizar o filme, o que – por motivos óbvios- não deu muito certo.

Fonte: http://adnews.com.br/publicidade/5-gafes-de-marcas-que-marcaram-o-ano-de-2017.html

 

 

Anúncios

Agora dá pra dormir tranquilo no busão sem passar do ponto. O Google Maps salvou a nossa vida

Alô galera que costuma dormir no ônibus e passa do ponto? Seus problemas acabaram!

O Google Maps vai ganhar um recurso ótimo que avisará ao usuário com notificações quando for a hora de descer do ônibus ou trem pra ninguém passar sufoco. A ferramenta funcionará como guia e quando a pessoa procurar pelo trajeto para seu destino, verá um botão “iniciar” na parte inferior da tela. Ao iniciar, o usuário começará a receber notificações na sua tela inicial com as orientações do que fazer para chegar ao seu destino (por exemplo: “caminhe até a Rua X, número Y”, “pegue a linha amarela sentido leste”, “embarque no ônibus XYZ” ou “desembarque agora”).

Você vai poder ficar de boa no busão e quando estiver chegando a hora de descer, o aplicativo vai avisar.

 

Fonte: https://www.publicitarioscriativos.com/google-maps-vai-ganhar-recurso-que-te-acorda-na-hora-de-descer-do-onibus/

Os 10 comerciais que colaram igual chiclete na cabeça do povo

O BRAIN Club, clube de assinaturas de insights neurocientíficos fez algumas pesquisas sobre comerciais de TV do Brasil. 223 filmes publicitários de 139 marcas foram avaliados pelo índice de performance feito pela Forebrain, o BRAIN Impact.

A análise capta respostas cerebrais de atenção, motivação e memorização para mostrar os comerciais que tiveram maior impacto no cérebro do público. O resultado foi o prêmio BRAIN Impact, um selo que tem o objetivo de agregar valor à neurociência aos prêmios de publicidade brasileiros.

No ranking, o grande vencedor foi o filme “O cara lá de cima” da Renault, estrelado pela Xuxa Meneghel. “Com bom humor, a marca soube utilizar a autenticidade da celebridade escolhida para a campanha, carregando todo o seu potencial para a apresentação das suas ofertas, tirando o melhor das duas estratégias aplicadas”, analisa Nathalia Yunes, pesquisadora sênior da Forebrain.

Confira o ranking:

O cara lá de cima
Cliente: Renault
Agência: Neogama

 

Mestre Churrasqueiro
Cliente: Tramontina
Agência: JWT

 

Turbo 7
Cliente: Tim
Agência: Z+ Comunicação

 

Grill Dog
Cliente: Burger King
Agência: David

 

Campanha de Fim de Ano
Cliente: Globo

 

Aeroporto
Cliente: Caixa
Agência: Nova s/b

 

Vendado
Cliente: Toyota
Agência: Dentsu Brasil

 

Nextel
Cliente: Aeroporto
Agência: CP+B

 

Maestro
Cliente: Bauducco
Agência: AlmapBBDO

 

Conteúdo Gigante
Cliente: Claro
Agência: Talent Marcel

 

Fonte:http://adnews.com.br/publicidade/10-comerciais-que-entraram-na-mente-dos-brasileiros.html

 

Autobiografia de Olivetto contará com participação de Sebastião Salgado

O grande publicitário Washington Olivetto vai lançar sua biografia, informação cedida pela assessoria de imprensa do fotógrafo renomado Sebastião Salgado e tem data prevista para o próximo ano. Sebastião, novo membro da Academia de Belas Artes da França é quem fará a foto de capa do livro.

O criativo Olivetto está morando em Londres e esteve em Paris semana passada para o clique, sobre a foto da capa, Washington comentou: “ainda não vi, mas já gostei.”

Direto de Washington” será lançado pela Estação Brasil/Sextante.

 

Fonte: http://adnews.com.br/midia/washington-olivetto-vai-lancar-autobiografia-em-2018.html

Filme mostra os bastidores e cenas inéditas de ‘Star Wars: Os Últimos Jedi’

Os fãs de Star Wars estão enlouquecidos e ansiosos com a estreia do “Espisódio VIII: Os últimos Jedi”, que chega aos cinemas brasileiros no próximo dia 14.

Apara aliviar um pouco essa tensão – ou não – um novo vídeo foi divulgado hoje com os bastidores das gravações do filme. Dirigido por Rian Johnson, alguns detalhes de cenas inéditas foram incluídos nesse vídeo.

Daisy Ridley, Oscar Isaac, Adam Driver, John Boyega, Laura Dern, Mark Hamill, Benicio Del Toro e Carrie Fisher, que faleceu em dezembro de 2016, estão no elenco da produção, que tem roteiro assinado também por Rian Johnson.

Assista:

 

Fonte: http://www.hypeness.com.br/2017/12/novo-video-mostra-bastidores-e-cenas-ineditas-de-star-wars-os-ultimos-jedi/

Leader lança seu comercial de Natal, e é oficial: o fim de ano chegou!

A gente já sabe que o ano está acabando quando começam as musiquinhas de Natal nos comerciais. Mas essa em especial, alcançou o Trending Topics do Twitter Brasil e Mundial e chegou a 147 mil tweets.

A campanha trouxe Ivete Sangalo, mas antes eles fizeram um mistério nas redes sociais para o público adivinhar quem seria a estrela do comercial. Feita pela Artplan, foi ao ar nesta quinta-feira (26).

No filme de 60”, a música envolve os sentimentos mais comuns dessa época do ano: a crianças no final do ano escolar, pessoas arrumando a árvore de natal, famílias se reunindo para as festas, enquanto outras se preparam para a grande viagem de férias. Isso tudo ao mesmo tempo num prédio. Confira o filme produzido pela Trator:

 

“A Leader já tem essa coisa bacana de ser a marca que inaugura oficialmente o Natal. A campanha mostra, de maneira leve e divertida, todos os momentos legais que passamos em família quando vai chegando o fim de ano. O jingle da Leader tem essa força: é ouvir a música e já querer ficar junto de quem a gente gosta”, afirma Gustavo Tirre, diretor de criação da Artplan no Rio de Janeiro.

Este ano, a campanha conta com a participação de uma modelo deficiente auditiva, que usa a linguagem de Libras para interpretar o jingle Já é Natal na Leader.

Ficha Técnica

Produtora de video Trator
Diretor Will Mozzola
Diretor de fotografia João Batista fröhlich
Produtor executivo Gabriela Lemos e Armando Ruivo
Atendimento produtora Mary Lacoleta / Bruna Chamlian
Montagem Matheus Akkari
Estúdio de áudio Nova Onda
Direção musical Passarinho
Criação musical Chico Adnet
Fotógrafo Rafa Mattei
Mídia Daniela Ferro / Poliana Tonelli / Thiago Valente / Thiago Bravo / Jeizabel Machado / Rejane Maia
Rtvc Ana Ourique / Felipe Cunha
Criação Gustavo Tirre / Marina Rodrigues / Leo João
Dir. de criação Ricardinho / Gustavo Tirre / Alessandra Sadock
Atendimento Ana Paula Sanchez/ Cristiana Miranda/Priscila Correa/ Daniela Prates/Vivian Tostes
Bi Carol Althaller, Laura Dias, Nicolai Castro, Iracema Sydronio e Jessica Castro
Conteúdo e engajamento Luiz Telles, Tatiana Michelan, Felipe Rivello, Roberta Balbino, Bernardo Costa e Vinícius Azerêdo

Personal Vip Black é criticado nas redes por usar conceito de militância para lançar papel higiênico preto

Parece loucura, mas há algumas décadas atrás existia a segregação racial nos Estados Unidos, onde negros não podiam ir à mesma escola que brancos, sentar-se no banco ao lado ou até mesmo usar o transporte público por que era considerado crime somente por serem negros. Nessa época nasceu a luta pelos direitos e respeito, alguns americanos criaram o conceito “Black is Beautiful” que pregava a militância e fazia as pessoas se orgulharem de suas características.

Agora, a Personal Vip, que parece que nunca ouviu falar da expressão, lançou um novo produto. O Peronal Vip Black, um papel higiênico preto usando o mesmo conceito que foi utilizado para reivindicar a beleza negra.

A campanha, que traz a atriz Marina Ruy Barbosa como protagonista enrolada no papel, foi criada pela Neogama fazendo alusão ao pretinho básico, com intenção de agregar irreverência ao produto. Veja alguns cliques:

 

Em poucos minutos, a internet percebeu a analogia intencional ou não e criou uma polêmica daquelas. Isso porque em alguns lugares, a marca usou a hashtag #BlackIsBeautiful, que inicialmente era para gerar efeito para a campanha, mas acabou se tornando um ônus para a marca. Nas redes, usuários escreveram textos contrários à estratégia e a pequena fanpage da Família Personal foi alvo de rações negativas. Além de repudiarem a atitude de se apropriar de um símbolo de movimento de resistência para promover um papel higiênico preto.

 

Fonte: http://adnews.com.br/social-media/campanha-com-lema-social-para-papel-higienico-preto-recebe-criticas.html

https://geekpublicitario.com.br/23188/personal-vip-black-is-beautiful/