Como trabalhar o marketing no atual cenário político

Uma das máximas da indústria da publicidade ensinava que é bem mais difícil planejar, pensar e criar uma campanha quando um produto é ruim.

Os publicitários, profissionais de marketing e de relações públicas têm agora imensos desafios pela frente, a começar pela repercussão, hoje, imediata, sobretudo pela pujança das redes sociais. Também, no horizonte, surgem oportunidades singulares a esses profissionais.

Há um inconsciente coletivo no ar que propaga a chama de que, na política, todos são iguais. Se, na política, as suspeitas são colossais, o brasileiro assiste, atônito e impassível, a um Judiciário que deve inúmeras explicações à opinião pública. A principal dúvida: falta neutralidade/independência às decisões técnicas que emergem dos tribunais e do plenário do STF?

Nos anos 70, não havia o patrulhamento ideológico que se vê agora em relação ao refrigerante, ao cigarro, à bebida alcoólica, ao açúcar, à carne vermelha… O tal cigarrinho de chocolate era um sucesso e muitas crianças tomavam “refrescos coloridos” em embalagens plásticas que tinham o formato de armas.

Faltava a democracia, sobrava a repressão, os generais se sucediam no poder. Foi nos Estados Unidos – e não aqui – que se viu um presidente deixar o mandato por ter mentido e obstruído a Justiça.

Parece que somos parte de um mundo em que há patrulhamento e liberdade na mesma proporção, como se esses elementos duelassem continuamente. Tornamo-nos vigias de boas práticas que recomendamos aos outros – na terceira pessoa, é claro-, para que fiquemos fora delas, desobrigados (por nós mesmos) de cumprir o que prescrevemos… Éramos felizes e não sabíamos? Os dias eram assim?

A campanha eleitoral de 1989 talvez tenha sido o primeiro sopro para que a gente consiga olhar (já que compreender é bem difícil) para a divisão no Brasil de hoje. Mas parece um tanto quanto injusto atribuir toda essa penosa responsabilidade a ela.

Fernando Collor de Mello (eleito governador de Alagoas pelo PMDB, o mesmo PMDB que está aí no olho do furacão) surge pelo desconhecido e inexpressivo PRN prometendo o que a sigla assegurava: a reconstrução nacional. Collor falava de modernização, de colocar o País par e passo com o que havia de mais atual naquele mundo que se abria com a glasnost, a perestroika e a queda do Muro de Berlim. Collor queria dar um ippon na inflação, enfrentar a reserva de mercado que nos impingia atraso. Collor corria no entorno do Lago Paranoá, praticava judô, caratê, andava de Ferrari… Deu no que deu. Corrupção. Impeachment. Dor. Desilusão.

Vinte e cinco anos depois, e parece que existe alguma perversidade quando se diz que a história é cíclica, no duelo entre coxinhas e mortadelas, perdemos todos. Perdemos o humor, a capacidade de improviso, a versatilidade, perdemos as manhas e as artimanhas de tirar um coelho da cartola, uma carta da manga. Perdemos o bom senso. Perdemos a verve democrática de respeitar minimamente quem pensa diferente. Acentuamos a vitória de um olhar binário, de torcida organizada sobre os processos políticos que nos cercam. O vício e a virtude; o inferno são os outros.

Mais do que o marketing politico que humaniza, que faz o candidato subir num bode, comer buchada, abraçar criancinha na farmácia, no posto de saúde, na escola, na padaria, mais do que jogadas cênicas na cidade, do que transmissões ao vivo no Facebook, o desafio está posto: fazer com que o brasileiro acredite de novo. Acredite nele, na política, nos políticos, reveja a lógica de que é tudo igual. O desafio também está posto porque o ceticismo e a descrença preponderam, o que contraria a nossa lógica de povo.

Os profissionais de marketing terão de encontrar a fórmula “mágica”: como humanizar em meio à desilusão, como dar esperança para quem a perdeu, como fazer sonhar quem se vê em meio a um maremoto ou a um pesadelo, como fazer o brasileiro voltar a ser brasileiro ? E qual é a responsabilidade de cada um de nós no processo que nos levou a essa sensação de que a nação está à deriva?

Nos versos de Guimarães Rosa, “o correr da vida embrulha tudo./ A vida é assim: esquenta e esfria,/ aperta e daí afrouxa,/sossega e, depois, desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.

Fazer campanha sem mostrar o produto ou serviço? O Pornhub faz.

Imagina uma campanha em que não pode mostrar o produto em nenhum meio. Complicado né? Não para o Pornhub. É dessa forma que as agências de comunicação e departamentos de marketing trabalham para o site adulto. E o motivo é obvio: é proibido veicular campanhas sexualmente explícitas nos principais meios. Dessa necessidade surgiu a ideia de inovar nas criações da marca nos últimos anos. O mais legal, eles aproveitaram a visualização para abordar temas delicados e de utilidade pública.

Confira cinco campanhas da Pornhub que souberam dar o recado de forma criativa.

 

Outro modo de comemorar o Natal

À primeira vista pode parecer improvável que uma marca do gênero crie filmes sentimentais. A produção abaixo tem potencial para divertir e emocionar ao contar a história de uma pequena cidade onde seus habitantes têm que passar o Natal sozinhos. A criação é da agência Officer & Gentleman de Madrid:

 

Tobogã gigante

Para anunciar o lançamento de uma linha de lubrificantes nos Estados Unidos, o site de conteúdo adulto montou um tobogã gigante em um lugar ermo da Califórnia e juntou estrelas da indústria pornô para escorrer utilizando o produto em seus corpos.

 

Para salvar pandas

É bizarro, mas gerou muita mídia espontânea. Quase todo mundo sabe algo sobre as dificuldades que os pandas têm em se reproduzir. O Pornhub resolveu ajudar da seguinte maneira: a cada vídeo recebido com pessoas transando vestidas de panda, 100 dólares eram doados para uma ONG que trabalha com a causa.

 

Campanha de prevenção

Em parceria com a McCann Lima, o site adulto lançou a campanha “Watch porn, save your life”. O objetivo foi alertar o público sobre a importância do autoexame para identificar um possível câncer testicular o mais rápido possível. Um filme feito por uma famosa atriz pornô foi postado no site com o sugestivo título: “Charlotte Stokely te ensina a durar mais”. O nome incorpora a ideia central: uma atriz pornô que ensina os homens a durarem mais… Na vida.

 

Ajudando o planeta

O Pornhub desenvolveu uma pulseira que prometia ajudar o planeta obtendo energia através de uma atividade bem comum aos visitantes do portal: a masturbação. O “gadget” obtém energia quando é movimentado para cima e para baixo. Quando o nível de carga está alto, ela pode ser acoplada a diferentes dispositivos e carregá-los via USB. Segundo o vídeo de lançamento, o produto permite ao usuário amar o planeta “amando a si mesmo”.

“Tem Amor de Mãe” é a nova campanha da Sazón para o Dia das Mães

Dia das mãe é tudo de bom, e o clima que a data traz é melhor ainda. A Sazón, que prega carinho e amor desde sempre soube muito bem usar a data para a nova campanha. Com a ajuda dos consumidores, a marca criou a #TemAmorDeMãe para formar a maior corrente de amor. A agência Cappucino em parceria com a Farol Filmes preparou um filme emocionante que pode ser conferido no website.

Para participar é fácil: basta gravar um vídeo-depoimento, fazer o cadastro e inserir o vídeo no hotsite. Quem quiser também pode compartilhar os vídeos nas redes sociais. Os depoimentos podem ser enviados até 14 de maio. No fim do mês, será divulgado um vídeo especial na fanpage da marca com os melhores momentos da campanha.

Para Anna Rocha, gerente da marca Sazón, a ação quer estimular filhos a devolverem todo o amor dado por suas mães em atitudes cotidianas, como cozinhar: “Queremos incentivar as pessoas a retribuírem todo o amor e carinho que as mães nos dão e que muitas vezes estão refletidos no preparo de uma refeição saborosa”. E completa: “A ação reforça a nova assinatura “Quando tem Sazón, tem amor” e é uma oportunidade de convidar os consumidores a participarem das ações da marca”, conclui.

Nissan faz comercial emocionante com idosos que perderam suas habilitações

Quem passou a vida toda fazendo alguma coisa, e depois teve de parar sabe o quanto é complicado. O Código de Trânsito Brasileiro não determina a idade na qual as pessoas são obrogadas a deixar a direção. Entretanto, para obter ou renovar uma carteira, quem tem mais de 65 anos deve passar por um teste físico a cada três anos.
Pensando nessas pessoas, a Nissan do Brasil e a Lew’Lara\TBWA criaram a ação “A grande despedida”, que os idosos assumem o volante de um modelo esportivo, o Nissan GT-R numa pista automobilística. A marca transformou a despedida em um momento especial com uma experiências repletas de surpresas do começo ao fim.

As histórias dos participantes foram filmadas e você pode assistir aqui:

Ficha Técnica

CCO: Felipe Luchi
Direção de criação: Gustavo Diehl e Sthefan Ko
Direção de arte: Fabiano Gonçalves e Guiherme Possobon
Redação: Mauricio Chemale Cardoso e Renato Simon
Diretor geral de atendimento: Wilson Negrini
Atendimento: Xiko Coutinho, Raiza Scatena e Caio Bottan
Planejamento: Luciana Mussato, Stephanie Peart e Maria Fernanda Haddad
Mídia: Luiz Ritton, Thiago Ferraz, Suellen Kiss, Frederico Lopes, Daniele Farhat, Bruna Dantas e Renato Pierote
Social Media: Nancy Sestini e Paola Otsuka
Gerente de projetos: Glaucia Montanha
Art buyer: Ale Sarilho, Sabino e Caio Lobo
Fotografo: Roberto Lemos
RTV: Luzia Oliveira, Angela Felicio e Thiago Campos
Produtora do filme: Landia
Direção do filme: Bia Pinho e Clara Behrmann
Produtora de audio: A9
Cliente: Arnaud Charpentier, Mariana Lemos, Murilo Almeida e Juliano Fortini

XX Concurso Universitário de Mídia

O Grupo de Mídia do Rio de Janeiro é formado por 23 profissionais da área de comunicação e tem sua sede na ABP – Associação Brasileira de Propaganda. O grupo promove eventos, curso, concursos, além de divulgar notícias do mundo da mídia em sua página na internet.
O XX Concurso Universitário de Mídia é um exemplo e está aberto aos estudantes universitários de Publicidade, Propaganda e Marketing a partir do 4° período e com previsão de conclusão do curso a partir de julho de 2018.
As vagas de estágios são de agências de publicidade, anunciantes, veículos de comunicação e institutos de pesquisas, desde que estejam de acordo com os termos do regulamento:

Período mínimo de 3 meses de duração, determinado de acordo com o aproveitamento do candidato, sua adequação aos horários e rotinas da empresa participante.
Estágio remunerado respeitando os critérios de remuneração de cada empresa participante.
O estágio oferecido no Concurso dispensa a realização de um novo processo seletivo realizado posteriormente pela empresa participante.

Como participar:

Os interessados deverão se inscrever através do e mail inscricoes@grupodemidiarj.com.br até o dia 11 de Maio de 2017 às 17h.

Todos os inscritos deverão comparecer ao auditório do Centro Empresarial Rio – Edifício Argentina (Praia de Botafogo, nº 228, 2º andar), às 8h30, para uma PROVA com conteúdo desenvolvido pelos profissionais do Grupo de Mídia no dia 12 de Maio de 2017 (Fase 01).

É imprescindível que cada candidato leve para a prova:
1) Prancheta/apoio
2) Caneta esferográfica azul ou preta
3) Comprovante de inscrição impresso
4) Documento de identidade com foto.

Os candidatos com as 20 melhores notas serão chamados para uma ENTREVISTA com profissionais do Grupo de Mídia entre os dias 22 de Maio a 01 de Junho (Fase 02).

O RESULTADO FINAL será no dia 05 de Junho de 2017, no auditório do Centro Empresarial Rio – Edifício Argentina, às 8h30, onde ocorrerá a distribuição das vagas de estágio entre os candidatos que obtiverem a melhor média entre as duas fases.

Os estágios são pessoais e intransferíveis. Os candidatos serão convocados ao longo do ano de 2017 de acordo com a disponibilidade de cada empresa participante.

Divulgação dos Resultados:

Os 20 candidatos selecionados para a Fase 02 terão seus nomes divulgados nos canais próprios do Grupo de Mídia do Rio de Janeiro a partir do dia 22 de Maio de 2017 e serão comunicados por telefone sobre local e hora da entrevista.
Os candidatos vencedores serão comunicados no dia 02 de Junho de 2017 e deverão confirmar a disponibilidade para o estágio.
No dia 05 de Junho de 2017, os vencedores serão distribuídos entre as empresas participantes.
Os vencedores terão seus nomes divulgados nos canais próprios do Grupo de Mídia do Rio de Janeiro.
Os ganhadores concordam com a divulgação de seus nomes para efeito de comunicação do resultado deste concurso.
A participação neste concurso não envolve pagamentos ou compensações de qualquer espécie para os candidatos, premiados ou não.
A participação neste concurso implica no conhecimento e concordância de todas as condições deste regulamento.
Os casos não previstos neste regulamento serão decididos por uma comissão com representantes do Grupo de Profissionais de Mídia do Rio de Janeiro.
Indispensável a presença do candidato ou seu representante legal (através de procuração registrada em cartório) para a entrega da premiação.

A ficha de inscrição está disponível no site: Grupo de Mídia

Volkswagen traz a desconstrução para lançamento do novo Up!

Antigamente acreditava-se que para conhecer lugares era necessário gastar rios de dinheiro com hotéis e passagens aéreas, que viver de hobby era praticamente uma ilusão, e que lugar de mulher era em casa. A partir dessas certezas que se tornaram (graças a Deus) ultrapassadas é que a Volks pensou em algo para mudar e lançou a campanha integrada do novo Up!.
Criada pela AlmapBBDO, a campanha tem a intenção de fazer o público “desachar” antigas certezas e começou a trabalhar essa ideia na mente dos consumidores no início de Abril por meio do conceito #desache. Sem dizer o real objetivo da hastag, a empresa começou a divulgar em teasers para a TV e em digital para instigar o público e deixá-los curiosos, abordada em conteúdos direcionados de blogs e sites, e também por influenciadores de diferentes perfis. Chegou ao primeiro lugar no Trend Topics Brasil, no último dia 5, à frente de temas que estão acostumados com o topo, também foi listada entre as três mais comentadas no mundo.
O filme Desache tem um minuto e traz as novidades do novo Up! que faz um paralelo com as mudanças do mundo em si e mostra que é possível sim, um carro entregar todas as funcionalidades que o Up” tem. E conclui: “Chegou o novo Up! Um carro que vai fazer você desachar muita coisa. Novo Up! Feito de novas ideias”
Segundo o gerente executivo de Marketing Comunicação da Volkswagen do Brasil, Leandro Ramiro: “É uma experiência muito mais em sintonia com os valores e o comportamento do público contemporâneo, mais aberto a rever convenções e posicionamentos que vão desde as relações familiares a mobilidade urbana”, disse.
A próxima fase, a campanha conta com uma ajudinha extra de influenciadores, como Rafinha Bastos e os canais Me Poupe, Acidez Feminina e Desimpedidos, que agora vão testar o novo Up!, compartilham suas experiências com o modelo, e se passaram a achar ou desachar opiniões a seu respeito Além disso, os conteúdos customizados de sites e blogs, como o Sensacionalista e o BuzzFeed abordaram o tema #desache dentro de uma linha de variedades e curiosidades, agora também revelam o automóvel.
Em mídia digital, a campanha vai impulsionar o público ao site mediante à preferência de cada categoria. Como por exemplo, o público atraído por tecnologia, será impactado por publicidade customizada, sendo automaticamente direcionado ao site do novo Up! que estará ambientado de acordo com o perfil do consumidor, além de gerar dados de pesquisa de acordo com as preferências desse público .
A campanha é composta, ainda, por anúncios especiais em páginas triplas, mobiliário urbano, out of home, filme para cinema e material de ponto de venda.

Assista ao filme

Salonpas mergulha no mundo jovem com campanha pela Dentsu Brasil

Criada pela Dentsu Brasil para Salonpas, a campanha entra no ar nos canais abertos essa semana e busca atingir novos públicos. A ideia foi criar um filme humorístico que mostra um jovem que foi à uma festa, e no dia seguinte, está cheio de dores musculares. Com o conceito “Algumas coisas não têm remédio. Mas a dor muscular tem.”, a agência criou o filme em versões de 30” e 45”.
“A campanha foi idealizada com o objetivo de ampliar o target de Salonpas. Por isso fomos ao encontro do público jovem e mergulhamos no mundo deles, para mostrar de forma bem humorada o principal diferencial do produto” comenta Filipe Cuvero, diretor de criação da Dentsu.
A assinatura é “Dor muscular tem remédio. Salonpas.” Pra enfatizar a eficácia e a marca do produto.

Ficha Técnica

Título: “Festa”
Anunciante: Hitsamitsu
Produto: Salonpas
Duração: 1×45”/1×30”
Agência: Dentsu Brasil
Diretor Geral de Criação: Mario D’Andrea
Direção de Criação: Filipe Cuvero
Head Of Design: Christian Faria
Head Of Innovation: Kojiro Tanoue
Direção de Arte: Felipe Faria
Redação: Marcelo Romko
Produção Integrada: Deocleciano Junior, Marcela Veroneze e Bianca Aguiar
VP Operações e Negócios: Mauro Rabello
Atendimento Agência: Patricia Campello, Mariana Bueno e Roberta Buscariolo
Mídia: Camila Saab, Rodrigo Bolta, Ricardo Abrahão e
arissa Chidiac
Estratégia: Newton Nagumo, Daniel Iacobucci e Glaucia Guerra
Produtora: Fantástica Filmes
Direção de Cena: Marlon Klug
Direção de Fotografia: Eli Firmeza
Direção de Arte: Tyta Zanelatto
Designer de Produção: Rosane Melink
Primeiro Assistente de Direção: Jonathan Van Thomaz
Segundo Assistente de Direção: João Vitor Bocuti
Direção de Produção: Edilor Schmitz
Produção Executiva: Herminio Vinholi Jr
Gerente de Processo: Ana Maria Sequinel
Ator principal: Renet Lyon
Figurino: Ana Paula Cardoso
Diretores de VFX: Ivan Stephan e Bruno Wotroba
Pós produção e finalização: Fantástica Post
Composição VFX: Michel Takahashi e Karlos Schirmer
Artista 3D: Leonardo Sindlinger
Artista de desenvolvimento Visual: Estevão Lucas
Engenheiro de pós produção: Ivã Stival
Montagem: Emanoel Maciel e Marlon Klug
Color Grading: Psycho n’ Look
Produtora de Áudio: Liquo Audio
Atendimento: Felipe Engel
Produtor: Equipe Liquo
Locutor: Lucas Schertel
Aprovação: Hisamitsu Farmacêutica do Brasil Ltda.