É real oficial ! Disney paga US$52 bilhões por Century Fox

Agora é real oficial! A Disney comprou parte dos estúdios Century Fox, ou só Fox para os íntimos. As gigantes produtoras resolveram unir o rato e a raposa, o império de Walt Disney, que tem em seu portfólio marcas como Marvel e Star Wars pagou ~pasmem~ 52,4 bilhões de dólares e agora administra os direitos de franquias e seus canais de entretenimento como Quarteto Fantástico, A Era do Gelo, Avatar, Planeta dos Macacos, Os Simpsons, Alien, Uma Família da Pesada, FX Networks e National Geographic. A parte jornalística e outros braços da companhia ainda seguem sob o domínio de Murdoch. A compra também inclui a Endemol, que é dona dos formatos de populares programas de TV, como “Big Brother”, “Masterchef” e da série “Black Mirror”.

Porém, a fusão ainda não foi aprovada pelo governo americano (Libera, Trump!), e pode demorar alguns meses para a TV do ricasso australiano ser oficialmente propriedade do ratinho simpático que mora em Orlando. Quando for aprovada, Robert Iger ainda seguirá como presidente de toda a Disney até 2021 e ainda pagará um adicional de 13,7 bilhões de dólares pelas dívidas da nova prata da casa.

Fonte: http://adnews.com.br/negocios/o-rato-venceu-raposa-disney-compra-fox.html

Anúncios

Investir em publicidade é um bom negócio – Os maiores investidores do mundo

Investir em mídia é, sem dúvidas, um bom negócio. Contratar alguém ou alguma agência que saiba bem onde, como, quando anunciar seu produto/serviço gera retorno positivo certamente.

Os grandes anunciantes do mundo sabem disso, não medem esforços para terem êxito nas campanhas e os números estão aí para provarem a eficiência de um bom trabalho de mídia.

No ano passado, as 100 maiores companhias investiram US$ 267 bilhões, quantia 3,4% maior que em 2015.

Segundo o AdAge, empresas como: Nestle, Samsung, Unilever e P&G lideraram o ranking das que mais investem em publicidade no mundo, no ano passado. Sendo maior o crescimento quando olhamos para o mercado chinês, região que abrange quatro dos maiores anunciantes do planeta.

O Alibaba, maior varejista online da China, tem seus investimentos 50% maiores em publicidade e promoções, alcançando a fortuna de US$ 1,3 bilhão.

A empresa, também da internet, Tencent ampliou em 48% seus investimentos, chegando a US$ 1,4 bilhão, o que a deixa em segundo lugar quando se fala de crescimento.

A SAIC MOTOR, maior companhia automobilística também da China, aumentou o investimento publicitário apenas em 4%, alcançando US$ 1,6 bilhão.

O Grupo Yili, companhia de lácteos da China, fez um corte de gastos e, ainda assim, ampliou seus investimentos publicitários em 20%.

A China, como vimos, é uma potência em termos de investimento em publicidade, e não é atoa que é o segundo maior país no mercado. Sabemos que não para por aí, em 2016, aumentou 8,7% e está previsto crescer 7,4% este ano, alcançando US$ 80,5 bilhões, de acordo com novo estudo da Zenith, do Publicis Groupe.

A Amazon já ocupa o 11º lugar no ranking global dos anunciantes, com investimento de US$ 5 bilhões – à frente de marcas como Ford, Coca-Cola e McDonald’s.

Esse ano, o top 10 do ranking, inclui mais empresas de internet comparado ao ano passado. Essas dez aumentaram seus investimentos em 25,8%. Já as outras noventa marcas listadas diminuíram em uma média de 1,7%.

Veja a lista dos 20 maiores anunciantes do mundo – o ranking completo está disponível aqui:

1- P&G (Estados Unidos)
2- Samsung (Coreia do Sul)
3- Nestlé (Suiça)
4- Unilever (Holanda)
5- L’Óreal (França)
6- Volkswagen (Alemanha)
7- Concast (Estados Unidos)
8- ABInbev (Bélgica)
9- General Motors (Estados Unidos)
10- Daimler (Alemanha)
11- Amazon (Estados Unidos)
12- LVMH (França)
13- Ford (Estados Unidos)
14- Toyota (Japão)
15- Coca-Cola (Estados Unidos)
16- Fiat Chrysler (Reino Unido)
17- Alphabet – Google (Estados Unidos)
18- Priceline (Estados Unidos)
19 – AT&T (Estados Unidos)
20 – American Express (Estados Unidos)

 

Fonte: http://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2017/12/06/ad-age-lista-os-100-maiores-anunciantes-do-mundo.html