Trabalhos brasileiros na edição 2018/2019 da “200 Best Illustrators Worldwide”

Os brasileiros Juca Máximo, Mauro Martins e o estúdio brasileiro Origo Lab tiveram trabalhos selecionados para aparecer na edição de 2018/2019 do bianuário “200 Best Illustrators Worldwide”, da Lurzer’s Archive.

Juca Máximo teve três ilustrações selecionadas. O brasileiro é artista plástico, diretor de arte, designer e ilustrador.

Mauro Martins já atuou como diretor de arte na Crispin Porter, em Boulder(EUA), além das agências DM9DDB, Nova/sb e Propeg no Brasil. O ilustrador teve dois projetos selecionados.

A terceira ilustração selecionada foi a ilustração 3D em low poly assinada pelo estúdio brasileiro Origo Lab. A peça foi criada pela Lew’Lara\TBWA para o Banco do Brasil.

Fonte: Clube de Criação.

Anúncios

Conheça Nappy, um banco de imagens grátis só com negros.

Segundo o IBGE, negros e pardos representarem mais da metade da população do Brasil. Apesar desse fato, o padrão de beleza da nossa sociedade ainda é composto em sua maioria por pessoas brancas.

Mesmo com toda conversa sobre inclusão que temos nos dias de hoje, ainda é difícil encontrar um equilíbrio na publicidade e nas mídias em geral. Esse é um problema não só brasileiro, mas também mundial.

kasuma-nappy-5687

Se você entrar em um banco de imagens e pesquisar qualquer palavra chave do cotidiano, a maioria das imagens que irão aparecer nos resultados serão compostas por pessoas brancas. Isso só agrava o problema, pois faz parecer que não há opções para representar o povo.

Pensando em como “diminuir” o problema e aumentar a representatividade, a agência SHADE, que gerencia influencers e criadores de conteúdo negros, criou o Nappy; Um banco de imagens gratuíto que possui imagens em alta resolução de negros nas mais variadas situações.

dazzle_jam-nappy-5543

Essa é a explicação que pode ser encontrada no site:

“Eu amo o Unsplash, Pexels, e Shot Stath, mas uma das coisas que eu percebi é que o conteúdo de todos eles poderia ter um pouco mais de diversidade. Como uma agência voltada criadores negros e pardos, nós buscamos representação cultural no trabalho que fazemos. E por causa disso, nós nem sempre achamos nesses sites as fotos que precisamos.
[…]
Por isso lançamos o Nappy; para proporcionar lindas fotos de alta qualidade de pessoas negras e pardas para startups, marcas, agencias e todos os outros.”

Acesse www.nappy.co.

Fontes: Adnews e Hypeness

Princípios da Gestalt aplicados ao Design.

Gestalt é uma palavra de origem germânica que significa “forma” ou “figura”. Também conhecida como Psicologia de Gestalt, faz parte do estudo da percepção humana, onde acredita-se na compreensão da totalidade para que então seja possível compreender as partes.

Os Princípios de Gestalt são mais famosos pelas ilusões de ótica que todos conhecem, mas as implicações dessa ciência vão muito além. Esses princípios tem o poder de manipular a percepção visual e podem ser uma ferramenta poderosa para os designers.

  1. Semelhança

Elementos similares, seja em cor ou forma, fazem com que o observador pense que possuem o mesmo uso. Dentro do Web Design, este princípio facilita o uso de plataformas, dispensando muitas explicações sobre a funcionalidade de cada elemento do ambiente digital.

Continuar lendo “Princípios da Gestalt aplicados ao Design.”

Conheça Netflix Sans, a nova criação original da Netflix

A tipografia é vital na identidade de uma marca. Atualmente a Netflix usa Gotham, mas isso está prestes a mudar. O serviço de streaming revelou uma tipografia original chamada Netflix Sans.

Desenvolvida pela equipe de design da casa em parceria com Dalton Maag, a nova tipografia trás não só um elemento próprio e exclusivo para a marca, mas também vai fazer com que ela economize milhões de dólares por ano em licenciamento.

“As características únicas da fonte foram escolhidas com muito cuidado, uma vez que servem para fins de exibição e funcionais. As linhas limpas e neutras dão sem tirar, favorecendo a arte sobre a distração e eliminando o excesso. O corte arqueado no ‘t’ minúsculo é discretamente inspirado pela curva cinemascópica, que é tão icônica para a marca“, defendeu Noah Nathan, um dos líderes do projeto.

Netflix Sans possui vários pesos incluindo regular, light, thin, medium, bold e black. Confia abaixo algumas imagens da nova tipografia.

Ainda não existe data para a fonte ir ao ar, mas podemos esperar a mudança em um futuro próximo.

 

Fonte: Clube de Criação.

Queen Rules – A dama vale mais que o rei?

O Dia Internacional da Mulher é comemorado dia 8 de março e, neste dia, a agência FCB Inferno vai lançar o Queen Rules – uma nova forma de jogar cartas, onde a dama vale mais que o rei. A campanha tem o objetivo de incentivar o diálogo sobre igualdade de gênero.

Serão lançados, simultaneamente, eventos ao vivo e torneiros de poker Queen Rules em Londres, Estocolmo, Malta e mais lugares a serem anunciados. No mesmo dia será lançado um vídeo de um experimento social.

Os jogadores dos torneiros irão jogar com cartas de edição limitada que celebra mulheres poderosas de diferentes formas e tamanhos, desenhadas por dezesseis ilustradoras do site womenwhodraw.com, um site que celebra ilustradoras, principalmente aquelas que pertencem a minorias.

O projeto teve seu início quando uma menina que cinco anos questionou por que o Rei vale mais do que a Dama em um baralho de cartas. Essa ideia simples, mas poderosa, é uma excelente forma de levantar uma discussão sobre desigualdade de gênero em lugares que nunca havíamos questionado.

Todo o valor arrecadado através dos eventos e da venda de mercadorias – das quais estão inclusas artes impressas, blusas e cartões – será doado ao movimento HeForShe, da ONU Mulheres, que tem o objetivo de engajar homens e meninos para novas relações de gênero sem atitudes e comportamentos machistas.

A agencia está desafiando pessoas de todos os lugares a mudarem a forma que pensam e jogarem com as novas regras. Para exemplos de como jogar e descobrir quais jogos são possíveis com o Queen Rules, acesse o site queenrulesproject.com (Apenas em inglês).

“É apenas uma pequena mudança, mas esperamos que traga um grande impacto. Se conseguirmos iniciar um debate e uma real mudança de comportamento em torno da desigualdade de gênero inconsciente, então a campanha terá sido um sucesso”, disse Frazer Gibney, CEO da FCB Inferno.

Ficha Técnica:
Agency: FCB Inferno
Chief creative officer: Owen Lee
Senior art directors: Ben Edwards, Jack Walker
Senior copywriters: Guy Hobbs, Ali Dickinson
Senior project manager: Bridie Scriven
Senior designer: Sarni Strachan
Senior account manager: Sabrina May
Director of European communications and PR: CC Clark

Fontes: Campaign e Clube de Criação.

Uma experiência com o novo Camry 2018 sem levantar do sofá

Cheirinho de carro novo é tudo de bom, né?!
Tem gente que gosta de cheiro de gasolina, cheiro de roupa nova, cheiro de chuva, mas nada como um cheirinho de carro novo!

A edição da revista estadunidense InStyle do próximo mês traz uma surpresa para seus leitores, uma experiência com o novo Camry 2018 sem sair do sofá.

Isso mesmo, o anúncio sensorial da Toyota para o lançamento do novo modelo pegou todos de surpresa. Com apenas um virar de páginas, a inserção transporta o leitor para dentro do novo automóvel sedan, com visões, sons, sensações e aromas.

O anúncio conta com sensores que ao encostados com os polegares, os consumidores poderão “alcançar” as alças das portas do carro, e puxando-as, é revelado o interior do veículo. A partir daí o cheiro de couro novo, recursos exclusivos e até medição de frequências cardíacas estão disponíveis para o toque e experimento.

A peça em 3D levou 6 meses para ficar pronta e sua produção foi um resultado da colaboração da Saatchi & Saatchi, e é seu primeiro desafio a participar da nova publicidade interativa e envolvente.

De acordo com Nancy Inouye, diretora de mídia da Toyota Motor North America, “Por meio de uma experiência pop-up sensorial, com visões, sons e um cheiro de carro novo, a Toyota está usando uma inovadora unidade criativa e elegante para capturar a atenção e se envolver com os leitores“, defendeu. “E deu certo, a inserção da Toyota ajudou o InStyle a superar o objetivo de vendas de março“, disse ao Adweek.

A Toyota diz que a ativação do InStyle é “a única execução desse tipo, mas sempre estaremos procurando maneiras de impulsionar o meio em futuras campanhas“.

Fonte: http://adnews.com.br/publicidade/Acao-leva-som-toque-e-cheiro-de-carro-para-revista.html

 

Como as marcas estão inovando em ações digitais usando a impressão

As marcas apostam em diversas formas de se comunicar com seu público e algumas dessas formas acabam caindo no gosto e outras marcas adotam a estratégia. É o caso das impressões nas embalagens. Em 2011 a Coca-Cola, em parceria global com a HP, lançou um projeto chamado “Share a Coke” (Compartilhe uma Coca), na Austrália. A companhia de tecnologia possibilitou que as garrafinhas da bebida mais famosa do mundo fossem personalizadas, ou melhor, o seu rótulo. Os EUA receberam a versão da embalagem em 2014 e segue até hoje, em datas especiais.

Esse é um belo exemplo de um novo destino dado ao ramo da impressão digital. Em um evento esta semana em Tel Aviv, Israel, a HP juntou clientes e parceiros de mais de 30 países para reforçar e ancorar o aumento de ações personalizadas da companhia com outras empesas, aproveitando para lançar o modelo HP Indigo 12000, que imprime em resolução HD.

Oreo Colorfilled, projeto que permitia a customização de embalagens do biscoito

E aqui no Brasil essa nova forma de comunicar já chegou também, foi em uma ação da Lew’Lara\TBWA, para a Café Pele e Estadão quando em 2016 mais de duas toneladas de café foram ensacadas com a capa do jornal do dia.

O case de Café Pele levou bronze em Cannes, em 2016

A Tang também aproveitou a moda recente e lançou o “Álbum de Família”, onde as embalagens eram estampadas com fotos de momentos em família que seus consumidores mandaram. Segundo Paul Randall, head de brand innovation da HP, “essas ações fortalecem os vínculos que as marcas possuem com seus consumidores, sobretudo, os mais jovens e que precisam de ser alcançados com sacadas interativas e relativamente simples. ”

Álbum de Família, desenvolvido pela Tang no Brasil, virou case mundial da marca

“Muitas marcas entenderam a importância da personalização e caracterização com as plataformas digitais e isso resultou nos cases que estamos vendo de embalagens. As embalagens transformaram-se em plataformas importantes de diálogo e interação”, afirma Randall. Ele ressalta que a conexão com marcas e designers e o olhar da impressão como ecossistema são algumas das formas como a HP enxerga o futuro da impressão.

A Smirnoff não ficou para trás e também experimentou a novidade. Com frequência, a marca convida designers independentes para desenvolverem novos rótulos. “É uma estratégia flexível já que você consegue customizar e criar em cima de uma base original e simples além, do nosso caso, de ter criado conexão com designers e artistas locais”, diz Andrew Davis, head innovation da Diageo, que detém a marca Smirnoff. Segundo ele, o uso das embalagens como forma de conexão amplia a capacidade de engajamento, sobretudo no digital.

Smirnoff e os rótulos que mudam de acordo com cada artista, ocasião e designer convidado

 

Fonte: http://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2018/02/21/como-a-impressao-tornou-se-a-mais-digital-das-acoes-de-marcas.html