Agressor fica frente a frente com vítima de racismo em campanha para ONG

Há pouco tempo , a atriz Taís Araújo e a jornalista Maria Júlia Coutinho foram vítimas de racismo na internet. Infelizmente, além delas, existem outros casos de intolerância racial pelo mundo, principalmente pelas redes sociais.

Em parceria com a agência W3haus, a ONG Criola criou no último ano uma campanha conscientizadora, chamada “Racismo Virtual. As Consequências São Reais” na qual foram espalhados outdoors próximos de onde viviam os autores de postagens racistas.

Na última semana o vídeo da campanha foi lançado para ilustrar melhor a ideia. No vídeo, um dos autores dos comentários preconceituosos contra a jornalista Maju Coutinho resolveu vir a público para se retratar. Lucas, o agressor, ficou frente a frente a uma representante das vítimas do racismo, e reconheceu a gravidade dos seus atos.

Assista abaixo o vídeo da campanha

123456

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s