Propaganda pro bem: agências se unem e criam peça publicitária que mata mosquitos da zika

painel_divulgacao_01%5b1%5d

Tecnologia está disponível para ser replicada em qualquer lugar do mundo

As doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti avançam no Brasil e estão se espalhando pelo mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou recentemente que o vírus Zika é uma emergência global. De acordo com a organização, o vírus constitui uma emergência de saúde pública mundial e requer uma resposta urgente. Até o momento, não existem vacinas que forneçam proteção contra as doenças como Zika, Dengue e Chikungunya. Sendo assim, a única forma de prevenção é a luta contra o mosquito em todas as frentes. Pensando nisso, a agência de publicidade NBS e a de mídia exterior Posterscope, se uniram para criar o Painel Mata Mosquito. A peça publicitária, que foi projetada para ser colocada em pontos estratégicos de foco do Aedes Aegypti, atrai e mata os mosquitos, contribuindo para a diminuição dos casos das doenças transmitidas por eles.

Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=CKki3w9Wivk

O mosquito é atraído pelo mobiliário urbano, em um raio de até 4km, por um dispositivo que joga no ar uma solução à base de ácido lático, que reproduz o odor expelido pelo suor humano, e CO2, que simula a respiração humana. Luzes potencializam a atração, facilitando a aproximação do inseto em direção à peça. Como o mosquito voa baixo, o mecanismo de captura está localizado na base do painel. Um sugador captura os mosquitos, que ficam presos no painel até morrerem desidratados.

“É uma tecnologia que foi desenvolvida após um tempo de pesquisa para entender bem o comportamento do Aedes Aegypti. Nossa maior dificuldade foi encontrar uma solução para atrair o mosquito até o ponto onde fosse possível sugá-lo para dentro do painel. Mas, nosso maior desafio é fazer com que essa peça além de conscientizar a população para esse enorme problema, ajude ativamente no combate. Em situações como essa, todos precisam fazer a sua parte.”, explica Otto Frossard, diretor de planejamento da Posterscope.

O painel foi instalado em duas localizações do Rio de Janeiro: Centro e Tijuca. Mas para que o impacto positivo seja relevante, toda a tecnologia do projeto está disponível no site www.painelmatamosquito.com.br em modo de creative commons, para que qualquer cidade do Brasil e do mundo possa replicar a ideia. No site, as pessoas encontram todos os detalhes para montagem do painel, podendo assim construir um igual.

“Esta iniciativa reflete uma crença da NBS: não apenas discursar sobre um tema, mas apresentar soluções concretas que apoiem este discurso. E como estamos disponibilizando a tecnologia em modo de creative commons, temos a expectativa de ver esta solução se espalhar por mais lugares” – André Lima, sócio e VP de criação da NBS.

painel_divulgacao_03painel_divulgacao_02

FONTE: MEIO FILTRANTE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s