Rock in Rio: Sucesso dentro e fora do festival

 

Entre os dias 23 de setembro e 2 de outubro, aconteceu no Rio de Janeiro o Rock in Rio, que voltou finalmente há sua cidade natal. Foram sete dias de evento, mais de 160 atrações e um publico de aproximadamente 700 mil pessoas.

Depois de um retorno triunfal, a próxima edição do festival está confirmada e já conta com um time de 13 patrocinadores, além do Rock in Rio Club: cartão que garante, entre outros benefícios, pré-venda exclusiva para a edição do festival que acontecerá em 2013. Sucesso de vendas, teve adesão imediata de mais de 15 mil pessoas. Vale ressaltar que ainda não há nenhuma banda anunciada para o próximo evento.

As ações de marketing das empresas patrocinadoras e parceiras do festival também foram destaque antes e durante o evento.

A Trident, por exemplo, lançou uma versão especial do seu produto para o evento, sorteou mais de 1200 ingressos e três viagens com tudo pago para o Rock in Rio. Além disso, usou realidade aumentada, distribuiu brindes e ofereceu a possibilidade de um “camarote” especial aos seus consumidores.

 

 

 

Já o Spoleto lançou a coleção “Arte Rock” com oito modelos de pratos e, para o festival, desenvolveu um cardápio exclusivo com quatro pratos diferentes.

 

 

 

A Heineken lançou a promoção “Heineken Rocks in Rock in Rio”, que sorteou cinco ingressos Vips, dando ao contemplado o direito de conhecer a banda Coldplay e ainda levar três guitarras autografadas pela banda. Durante o evento, a marca instalou uma tirolesa, que dava a possibilidade dos fãs sobrevoarem o publico nos shows.

 

 

As ativações das diversas marcas durante o festival foram um espetáculo a parte, ficando evidente que o desejo era agregar valor ao produto ou serviço, conversando de maneira interativa e espontânea com o publico jovem.

Mas o sucesso do festival não se limitou apenas ao evento em si. Segundo estimativa da RIOTUR, o Rock in Rio gerou um impacto de aproximadamente 880 milhões de reais na economia do Rio de Janeiro, atingindo uma média de 90% de ocupação dos quartos da rede hoteleira carioca. O Parque Olímpico Cidade do Rock, que foi construído pela prefeitura do Rio de Janeiro com um investimento de 40 milhões de reais e foi sede do evento, também será aproveitado para as olimpíadas de 2016.

 

Sem duvidas esses e outros fatos confirmam o sucesso do evento, a expectativa para as próximas edições e a importância de sediar um evento de tamanha repercussão. O Rock in Rio foi um sucesso e reafirmou seu status de maior festival de musica e entretenimento do mundo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s