Cielo aposta em campanha bem humorada com Adnet

Se rir é o melhor remédio, pode ser também o melhor negócio. Não á toa, Marcelo Adnet é o protagonista da mais nova campanha de Cielo, criada pelas agências Y&R e Wunderman. Com uma estratégia robusta e integrada, o trabalho de comunicação conta com 24 filmes protagonizados pelo humorista, mais de 150 formatos de conteúdo para redes sociais e uma plataforma inédita desdobrada em diferentes URLs para cada tipo de negócio.

O objetivo é dar vida ao conceito “Seu negócio não para” e mostrar os serviços da Cielo para os mais diferentes tipos de negócio sob a ótica dos próprios clientes da companhia, que estão no centro da comunicação. “A campanha reflete o que vivemos na companhia – totalmente voltados para o cliente, que sempre esteve no centro de toda e qualquer decisão de negócio”, afirma Duda Bastos, diretora de Marketing da Cielo.

Nos 12 filmes para TV, Adnet se transforma em um personagem para representar, de forma lúdica, um cliente daquele segmento.  “A ideia é amplificar o conceito de que, se o empreendedor tem Cielo, seus negócios não param, estão sempre a todo vapor, girando, vendendo”, comenta Rafael Pitanguy, VP de Criação da Y&R. Já nos 12 vídeos para web, Adnet fala sobre cada benefício que a Cielo proporciona aos diferentes tipos de negócio.

“A nova campanha da Cielo traz uma linguagem 100% verdadeira e com tom otimista, mostrando a atitude ‘mangas arregaçadas’ de vários tipos de empreendedores e as soluções criativas que adotam para que ninguém pare de vender, inovar, faturar”, afirma Paulo Sanna, CCO da Wunderman. A partir de uma extensa pesquisa de dados, conduzida pelas agências em parceria com a produtora New Content, foram ouvidos mais de 700 clientes em todo o Brasil para identificar as histórias que ajudassem a empresa a mostrar que sua vocação é fazer com que os negócios não parem, independentemente do tamanho ou do segmento.

 

FICHA TÉCNICA – Y&R
Cliente:
Cielo S.A.
Produto: Institucional
Agência: Y&R
Títulos: Restaurante, Barraca de feira, Salão de beleza, Sacoleira do Brás, Mercado, Loja de roupas, Dentista e Posto de gasolina
Duração: 15”
VP de Criação: Rafael Pitanguy
Redator: Christian Fontana
Dir. Arte: Mozar Gudin
Atendimento: Leonardo Balbi, Fabio Klein e Marina Madureira
Aprovação Cliente: Duda Bastos, João Bell, Marcella Guerrero, Natalia Garutti e Felipe Zulatto
Planejamento: Tatiana Tsukamoto, Fulvio Silvestrini e Felipe Azambuja
Mídia: Gustavo Gaion, Glaucia Montanha, Patricia Russo, Patricia Oliveira e Vinicius Martinelli
RTVC: Nicole Godoy, Camila Naito e Monica Beretta
Produtora Filme: Cine Cinematográfica
Direção: Clovis Mello
Direção de Fotografia: Fernando Oliveira
Direção de Arte: Miwa Shimosakai
Produção Executiva: Raul Doria
Atendimento Produtora: Jordana Ribeiro e Gabriel Toretto
Montagem: João Branco e Clovis Mello
Pós-produção/finalização: Cine X
Produtora de som: Antfood
Produtor: Lou Schmidt, Pedro Curvello, Vinicius Nunes e Wilson Brown
Produção: Equipe Antfood
Atendimento: Christiane Rachel, Renato Castro e Pedro Botsaris
Data de produção: junho/2017

FICHA TÉCNICA – WUNDERMAN
Cliente:
Cielo
Produto: Institucional
Agência: Wunderman
VP de Criação: Paulo Sanna
Direção-geral de Criação: Adriano Abdalla
Direção de Criação: Fernando Tomeu e João Paulo Martins
Direção de Arte: Danillo Ferrari, Lucas Santos, Júlio Campos, Vitor Rosato, Wagner Santos e Tiago Cordeiro
Redação: Jaime Agostini, Zé Ricardo Novoa, Suzana Demetrio e Camila Piagge
Arquitetura de Informação: Vanessa Talarico, Euriz David, Fábio Lino e André Barella
Desenvolvimento: André Mattos, Jeremias Pak e Daniele Castilho
Gestão de Projetos: Sergio Porro, Laís Gurgel e Raissa Souza
Atendimento: Caio Bamberg, Tatiana Magliari, Isabel Castro, Michelle De Bellis e Marcus Avena
Planejamento: Marcio Beuclair, Juliana Laporta, Simone Santos e Carolina Saegesser
Social Media: Thais Oliveira, Gustavo Valvassori e Guilherme Camargo
Mídia: Bruno Antunes, Daniela Caporali, Debora Domingues, Nadia Zoghbi, Pericles Pires, Railson Oliveira e Rodrigo Kina
BI: Ernando Bressan, Caio Capolete, Henrique Tardelli e João Oliver
Aprovação Cliente: Duda Bastos, João Bell, Carolina Short, Marcella Guerrero, Natália Garutti, Grazielle Schneider, Felipe Zulato e Rogerio Miranda

Plataforma de conteúdo: New Content
Diretor-geral de Criação: Beto Feres
Diretor de conteúdo: Eder Redder
Conteúdo: Alexandre Nobeschi, Patrícia Gebara e Gabriel Bentley
Diretor de vídeo: David Feldon
Diretor de fotografia: Marco Antônio Ferreira da Silva
Diretor-geral de Operações: Raphael Alcântara
Atendimento: Luciana Forster e Nicolle Ifanger
Produção: Andressa Caruso e Bruna Prado
Produtora de Áudio: Mugshot

Uma ação interna da David virou anúncio da DM9 para a Veja

Na semana passada, um anúncio curioso de uma página saiu na revista Veja. A ação interna criada pela David para a Coca-Cola para o Dia Internacional do Orgulho LGBT (relembre aqui) foi parar na propaganda. A explicação é a seguinte: a peça faz parte de uma campanha criada pela DM9, agência da revista, para promover a tiragem, o poder de penetração e alcance da Veja, com sua tiragem de 1,2 milhão de exemplares. A ideia é toda semana destacar o fato de maior repercussão e encaixar neste mesmo conceito. Quem explicou a ação ao Adnews foi o próprio Nizan Guanaes, na rápida entrevista abaixo.

Qual foi o insight da criação da campanha da Veja para promover a sua tiragem?
O insight foi de aproveitar um assunto que teve destaque na semana e mostrar que ele anunciado na revista Revista Veja, com a sua tiragem de 1,2 milhão de exemplares, alcança e tem o poder de impactar 6,7 milhões de leitores. A peça segue o conceito “tudo que sai na Veja tem outra repercussão”. Isso faz da Veja a segunda maior revista semanal do mundo.

Quais serão os outros desdobramentos que ainda estão por vir?
Toda semana vamos escolher um assunto em destaque, e o que gera buzz, como a ação da Coca-Cola para o Dia Internacional do Orgulho LGBT. Seguimos mesma estratégia nos anúncios que fizemos, há duas semanas, para os veículos impressos do trade, onde colocamos fotos de grandes publicitários brasileiros premiados em Cannes como Marcelo Ramos, PJ Pereira e Miguel Bemfica. A mensagem era que suas vitórias ficaram 6,7 milhão de vezes maiores na Veja.

Além ter sido bastante interessante a DM9 ter criado uma peça com base na sacada da David, a campanha parece servir para mostrar a força da propaganda nacional, que conseguiu gerar o assunto da semana no país. É isso mesmo?
Na verdade, nosso objetivo é usar a própria Veja para divulgar um dos maiores ativos que a revista tem: a sua inacreditável tiragem. Esse é o ativo que tem que ser realçado e não tem lugar melhor pra bombar do que na própria Veja. Usamos a ação da Coca Cola no anúncio, pois era o assunto mais falado no momento, mas isso não significa que falaremos de propaganda nos próximos assuntos. Vamos falar de assuntos que viram buzz e mostrar que na Veja a repercussão é ainda maior e que a melhor plataforma que existe para a Veja é a própria Veja.

Gerar buzz é essencial para a mídia impressa, que precisa mostrar que continua viva e pulsante? Parte da ideia da campanha de Veja advém disso?
O poder da mídia impressa segue enorme. Prova disso é a repercussão dessa campanha e de tudo que sai impresso na Veja, na Folha, no Valor, na Exame, no Estadão, na Época, etc.

Qual é o balanço que você pode fazer do cenário da mídia impressa hoje, com seus principais desafios e oportunidades?
Os veículos impressos estão em pleno processo de evolução. O digital trouxe desafios óbvios, mas é óbvio também que deu outra força aos veículos impressos, que hoje atingem um público muito maior que antes.

Revista de 2 metros derrete na Av. Paulista para alertar sobre o aquecimento global

O mundo está se modificando ao passar do tempo, as mudanças climáticas estão cada vez mais severas e a Antártida derrete mais a cada ano, mas por ser um problema distante, as pessoas dão menos importância. Para alertar sobre o aquecimento global, a National Geografic criou uma ação com a Spokesman no último dia 6 em que tem uma capa de revista de 2 metros derretendo, com o título de “A Antártida Derrete” em plena Av. Paulista.

A primeira ação neste formato teve Live no Facebook e alcançou 103 mil usuários. Nas transmissões ainda houve um bate-papo com Ronaldo Ribeiro, editor da revista, Vivian Pellizari, professora da Oceanografia da Universidade de São Paulo, e Camila Signori, oceanógrafa, sobre o degelo do continente.  Confira:

O painel gelado ficará exposto por pouco tempo, para mostrar a urgência da causa. “Temos um compromisso histórico com a divulgação das mais relevantes pesquisas científicas. Nos últimos três anos, foram mais de 30 reportagens sobre o tema. O empenho da revista é entender – e ajudar o leitor a entender – todas essas transformações ambientais, buscando descobrir um modo de vida mais sustentável”, disse Fernando Dias Martins, publisher da revista.

UberEATS e Brahma Extra vão distribuir cerveja nesta quinta feira

A Brahma Extra e o UberEATS farão, nesta quinta-feira (6), o UberExtra, uma parceria que leva dicas de combinações para os pratos disponíveis no aplicativo de delivery e distribuir gratuitamente Brahma Extra, nas variantes Lager, Red Lager e Weiss.

Quem pedir pelo UberEATS, vai receber a cerveja em casa. O app atua em São Paulo desde dezembro e chega, também nesta quinta, ao Rio e BH. A entrega está limitada à duração dos estoques. Serão 30 mil packs distribuídos.

Para receber o kit com as três versões da nova Brahma Extra, basta baixar o app do UberEATS, preencher o cadastro e procurar pela loja da Brahma Extra. Depois, é só selecionar o kit, fechar o pedido e pronto: um conjunto com três cervejas estará a caminho, sem nenhum custo – nem mesmo o da taxa de entrega. O pedido virá acompanhado com um guia especial mostrando as possíveis combinações de cada uma com comida. Além disso, os consumidores poderão abrir, no próprio aplicativo, uma aba que traz indicações de pratos disponíveis no UberEATS que podem ser harmonizados.

“Com essa ação, os usuários do UberEATS em São Paulo e os novos usuários, no Rio e em Belo Horizonte, terão uma experiência que eleva à máxima potência toda a tecnologia por trás da plataforma. Além de poderem fazer o seu pedido ao toque de um botão, eles poderão acessar, dentro do próprio app, uma seleção de pratos que melhor combinam com cada uma das opções de Brahma Extra”, afirma Delon White, diretor-geral do UberEATS no Brasil.

Material da Escola de Bauhaus está disponível gratuitamente para download

Bauhaus foi uma escola de artes da Alemanha, fundada em 1919 pelo arquiteto Walter Gropius, em Weimar. Lá encontrava-se diversas matérias como: arquitetura, pintura, escultura, desenho industrial e foi a responsável por revolucionar o design moderno.

O visual limpo e simples que muitas marcas aderiram surgiu a partir dos estudos desenvolvidos em Bauhaus. A escola foi fechada por Adolf Hitler, em 1933, mas hoje é possível baixar gratuitamente alguns dos materiais da escola graças à Biblioteca Kandinsky, que disponibilizou o material (mas tudo está em alemão). Para conferir, clique aqui.

Caso tenha dificuldades para baixar os arquivos, clique no título da obra, na ficha técnica, selecione a opção “accéder au document numérique” e tcharannn! Você será direcionado para a página com pdf.

A importância de um bom slogan

Slogan é um dos principais elementos de uma campanha, é o que vai fixar a marca na cabeça do público e gerar uma identidade. Os slogans, se bem criados, são capazes de ficarem na boca do povo por décadas.

Mas o que é um Slogan?

Ele é mais que uma frase criativa, tem a função de fazer o público lembrar da marca, geralmente com poucas palavras e fácil memorização. Muitos usam o argumento de ordem e pedido de venda, posicionando a marca de forma descontraída no mercado. O slogan é tão incrível que, ao conferir a lista a seguir, você pode reviver emoções e momentos do passado, até lembrar a voz do locutor comprovando seu poder na publicidade.

Os slogans famosos são:

Pergunta no Posto Ipiranga

Não esqueça a minha Caloi

Quem pede um, pede Bis

Tomou Doril, a dor sumiu

O caldo nobre da galinha azul (Maggi)

Tem 1001 utilidades (Bombril)

A número 1 / Refresca até pensamento (Brahma)

A cerveja que desce redondo (Skol)

Quem disse que não dá? Na Fininvest dá

Abuse, Use (C&A)

É impossível comer um só (Cheetos)

Dê férias para seus pés (Rider)

Todo mundo usa / As legítimas (Havaianas)

A verdadeira maionese (Hellman´s)

Se é Bayer, é bom

Energia que dá gosto (Nescau)

Simples assim (Oi)

Faz do leite uma alegria (Quick)

Terrível contra os insetos. Contra os insetos (SBP)

Viver sem fronteiras (Tim)

O sol na medida certa (Sundown)

Você conhece, você confia (Volkswagem)

Redbull te dá asas!

Deu duro, tome um Dreher

Ligadona em você (Arapuã)

Apesar de ser curto, um slogan dá um trabalhão para ser criado, pois ele tem a responsabilidade de passar a verdade do produto ou serviço. Quando falha, o público pode usá-lo contra a marca, como aconteceu com a Tim, quando a conexão da maioria dos clientes caía e piadas com a “fronteira” foram bem comuns nas mídias sociais.

Esporte, arte e cultura: Nike transforma quadra de basquete em ponto turístico em Paris

Esporte, arte e cultura são elementos fundamentais para uma sociedade melhor, mas parece uma tarefa complicada juntar os três conceitos em uma única coisa. A partir de uma ideia simples e genial, a Nike conquistou a mídia espontânea e ressaltou as marcas por trás do trabalho realizado no boêmio bairro de Pigalle, em Paris: uma loja de modas vizinha do local da ação, com o III-estúdio.

O projeto é uma incrível e colorida revitalização de uma quadra de basquete, localizada entre dois blocos residenciais históricos da capital francesa. As cores que antes eram desbotadas e agredidas pelo tempo foram coloridas com gradientes em azul, rosa, roxo e laranja. O resultado é tão positivo que já começou a atrair turistas e o público local para visitar, jogar e tirar fotos, para a alegria dos instagrammers.

Confira as imagens abaixo clicadas por Sébastien Michelini.